quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

18 de Fevereiro de 2010 - Quinta-feira depois das Cinzas



Deuteronômio 30,15-20
«Repara que coloco hoje diante de ti a vida e o bem, a morte e o mal. Assim, ordeno-te hoje que ames o Senhor, teu Deus, que andes nos seus caminhos, que guardes os seus mandamentos, preceitos e sentenças. Assim viverás, multiplicar-te-ás e o Senhor, teu Deus, te abençoará na terra em que vais entrar para dela tomar posse. 
Mas se o teu coração se desviar e não escutares, se te deixares arrastar e adorares deuses estranhos e os servires, declaro-vos hoje que, sem dúvida, morrereis; os vossos dias não se prolongarão na terra na qual ides entrar, passando o Jordão, para dela tomar posse. 
Tomo hoje por testemunhas contra vós o céu e a terra; ponho diante de vós a vida e a morte, a bênção e a maldição. Escolhe a vida para viveres, tu e a tua descendência, amando o Senhor, teu Deus, escutando a sua voz e apegando-te a Ele, porque Ele é a tua vida e prolongará os teus dias para habitares na terra, que o Senhor jurou que havia de dar a teus pais, Abraão, Isaac e Jacó.» 

Salmos 1, 1-2.3.4.6
Feliz o homem que não segue o conselho dos ímpios,
nem se detém no caminho dos pecadores, nem toma parte na reunião dos libertinos;
antes põe o seu enlevo na lei do SENHOR e nela medita dia e noite.
É como a árvore plantada à beira da água corrente: dá fruto na estação própria
e a sua folhagem não murcha; em tudo o que faz é bem sucedido.
Mas os ímpios não são assim! São como a palha que o vento leva.
O SENHOR conhece o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios conduz à perdição.

Evangelho segundo São Lucas 9, 22-25
E acrescentou: «O Filho do Homem tem de sofrer muito, ser rejeitado pelos anciãos, pelos sumos sacerdotes e pelos doutores da Lei, tem de ser morto e, ao terceiro dia, ressuscitar.» 
Depois, dirigindo-se a todos, disse: «Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz, dia após dia, e siga-me. Pois, quem quiser salvar a sua vida há de perdê-la; mas, quem perder a sua vida por minha causa há de salvá- la. 
Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, perdendo-se ou condenando-se a si mesmo?»

 Comentário ao Evangelho do dia
Liturgia Oriental 
Ofício da Exaltação da Santa Cruz
(a partir da trad. Mercenier, La Prière de rite byzantin, rev.)
«Tome a sua cruz, dia após dia, e siga-Me»
Salve, Cruz vivificadora, troféu invencível de piedade, porta do Paraíso, conforto dos crentes, muralha da Igreja. Foi por ti que a corrupção foi aniquilada, o poder da morte anulado e abolido, e que nós fomos elevados da terra às coisas celestes. Tu és a arma invencível, o adversário dos demônios, a glória dos mártires, o verdadeiro ornamento dos santos, a porta da salvação. [...]
Salve, Cruz do Senhor, através da qual a humanidade foi liberta da maldição. Tu és o sinal da verdadeira alegria; quando és elevada, esmagas os nossos inimigos. Nós te veneramos, tu és o nosso socorro, a força dos reis, a firmeza dos justos, a dignidade dos pecadores. [...]
Salve, cruz preciosa, guia dos cegos, remédio dos doentes, ressurreição de todos os mortos. Tu nos levantaste quando estávamos caídos no lodo. Foi por ti que se pôs fim à corrupção e que a imortalidade floresceu; foi por ti que nós, os mortais, fomos divinizados e o demônio foi completamente esmagado. [...]
Ó Cristo, nós veneramos a Tua cruz preciosa com os nossos lábios indignos, nós, que somos pecadores. Nós te cantamos, a Ti que quiseste deixar-Te pregar nela; e Te pedimos, como o bom ladrão: «Torna-nos dignos do Teu Reino!»

Fontes:
http://www.evangelhoquotidiano.org/main.php?language=PT&module=readings&localdate=20100218
http://www.evangelhoquotidiano.org/main.php?language=PT&module=commentary&localdate=20100218

Nenhum comentário:

Postar um comentário